As Bejecas, a Bola e as Noites Sem Dormir

Quando temos um filho que sofre de insónia infantil pensamos em todas as estratégias e mais alguma para tentar que ele durma em condições. Aqui ficam algumas das possibilidades à disposição no mercado:

Quando nos deparamos com uma provação de semelhante magnitude, só há duas formas possíveis de enfrentar as noites. A mais plausível é procurar ajuda em livros, ou junto de terapeutas que ensinem o treino do sono. A alternativa é passar serões até de manhã a ver jogos da Liga Inglesa e mamar bejecas com o puto, no sofá da sala, para começar desde cedo a ensinar-lhe bons hábitos. Caso a criança seja do sexo feminino, existe uma alínea que prevê a possibilidade de passar serões até de manhã a ver filmes de princesas e comer pipocas carregadas de açúcar, num pufe do quarto da menina. Eu escolhi a via do aconselhamento porque não pago Sport TV, para além de não gostar de filmes de miúdas que, a determinada altura, ganham asas e começam a voar sobre prados verdejantes.

In, O Meu Filho Não Dorme, Luís Maia, Editora Guerra e Paz, 2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: